Indicadores de desempenho OEE na indústria florestal

Indicadores de desempenho OEE na indústria florestal

Está se tornando cada vez mais necessário as indústrias se atualizarem quando o assunto é ‘produtividade’. E os indicadores de desempenho como o OEE vieram como a ferramenta mais capaz de realizar tal análise. O que a gente não imagina é que ele se tornaria uma ferramenta tão essencial em alguns setores como na indústria florestal. É impensável que um gestor possa gerenciar corretamente um processo, sem medir seu desempenho e o OEE veio para realizar a relação entre o tempo útil (Tu) e o tempo requerido (Tr).

A competição global pela indústria florestal é muito grande hoje e o aumento dos níveis de produção ao longo dos meses/ anos, representa um grande ganho para a mesma. Para isso as empresas buscam maximizar sua capacidade de produção diminuindo as perdas. Neste momento que a utilização de eficientes indicadores de desempenho irá auxiliar este processo.

Conheça

Monitoramento Remoto

Monitoramento Remoto

Acesse de onde quiser e quando quiser todo o estoque de insumos de seus clientes.
OEE - Solução Completa de Produtividade

OEE - Solução Completa de Produtividade

Eleve rapidamente os resultados financeiros da sua fábrica aumentando a sua produção sem comprar novos equipamentos.
Monitoramento Remoto

Monitoramento Remoto

Acesse de onde quiser e quando quiser todo o estoque de insumos de seus clientes.
OEE - Solução Completa de Produtividade

OEE - Solução Completa de Produtividade

Eleve rapidamente os resultados financeiros da sua fábrica aumentando a sua produção sem comprar novos equipamentos.

Resumindo, a produtividade é comprometida pelo tempo de inatividade, o que é um problema complexo. Um exemplo de utilização do OEE dentro de uma indústria florestal é em uma usina de aplainamento. Nela há operações que exige um desligamento ou um período de inatividade, para manutenção, troca de produtos etc. Essas paradas causam uma perda significativa de produção.

Com o OEE existe a possibilidade de previsão e programação dos tempos de parada sem que isso comprometa a produtividade industrial. Entenda como isso é possível com o uso de Indicadores de desempenho OEE.

Tipos de perdas e paradas de produção

Perdas devido à falta de confiabilidade

Geralmente, a confiabilidade é associada apenas a falhas de equipamentos e, portanto, a problemas de manutenção, enquanto a falta de confiabilidade causa muitas outras perdas principalmente dentro da indústria florestal.

  • Avarias: quando as funções de uma máquina param ou degradam, as avarias são causadas pelo desgaste de uma peça mecânica, quebra mecânica, um produto preso na máquina, problemas elétricos, etc.
  • Funcionamento a vácuo: causado por falta de energia para a máquina devido a um pedaço de madeira ficar preso no sistema de energia, reiniciar a produção, etc.
  • Perdas de partida: um ajuste é necessário ao iniciar ou reiniciar uma máquina, resultando em peças não compatíveis e tempo ocioso.
  • Sub velocidade: graças a um problema de qualidade ou confiabilidade, a máquina pode ser ajustada voluntariamente a uma velocidade menor que a velocidade nominal.
  • Micro paradas: são defeitos de paradas muito curtas, mas repetitivas ou visíveis. Essas micro paradas geralmente causam perdas significativas. Eles podem ser determinados comparando os resultados obtidos com o OEE.
  • Paradas programadas: desligamentos que permitem o uso adequado de equipamentos, como modificações de equipamentos, limpeza, teste ou lançamento de novos produtos e inspeções e reparos programados.
  • Configurações: uma máquina é considerada capaz quando não requer ajuste. É altamente recomendável determinar os parâmetros pelos quais uma máquina pode funcionar sem interromper a produção. A identificação desses indicadores de desempenho demonstra que o processo não é estável ou que os parâmetros de direção padrão são desconhecidos.

Perdas devido a deficiências organizacionais

  • Atividade do operador: habilidade, treinamento e know-how diferem de um operador para outro, o que gera discrepâncias entre o tempo real de produção e o tempo disponível.
  • Deslocamento e manuseio: um mau funcionamento do equipamento, um defeito nas matérias-primas e o movimento das peças podem criar problemas adicionais de manuseio ou deslocamento, levando a uma perda de tempo do operador e / ou da máquina.
  • Defeitos de logística: inclui todas as perdas criadas pela mão-de-obra, como espera de ferramentas, espera de material, suprimentos e embalagem, material não conforme e instruções.

Perdas devido a métodos e processos

Na maioria dos casos, essas perdas não aparecem nos indicadores de desempenho OEE. Eles raramente correspondem a minutos ou peças perdidas em comparação com o padrão, mas isso tem um custo. Essas perdas devem ser avaliadas em relação a uma referência de métodos ou processos existentes e mais eficientes, porém, dentro da indústria florestal, é suma importância que estas mínimas perdas sejam controladas e acompanhadas:

  • Rendimento material: são as perdas de material que são expressas pela quantidade de proporção de materiais comprados versus quantidade de produto acabado vendido. Essas perdas são o resultado de consumos materiais devido a processos, partidas e ajustes.
  • Rendimento energético: expresso em relação a um valor teórico ou comparado com outros processos ou outras oficinas.
  • Consumo excessivo de ferramentas e suprimentos
  • Quebra ou desgaste prematuro de ferramentas
  • Consumo excessivo de produtos necessários para o bom funcionamento de máquinas de produção, como óleo, graxa, carimbos, produtos de limpeza, etc.
  • Custo extra das ferramentas: o não cumprimento das condições normais de uso do equipamento exige que as empresas utilizem ferramentas com características superiores às necessárias.

Em resumo, a criação dos indicadores de desempenho OEE veio para tornar algo que poderia implicar em perda de dinheiro, em soluções tecnológicas para se reverter em produtividade nos mais variados segmentos inclusive na indústria florestal.

A Révolus oferece uma solução completa de OEE concebida para atender os requisitos modernos da industria 4.0, composta por um gateway para coleta de dados e um software em nuvem para o tratamento de dados e disponibilização dos resultados em relatórios com as principais métricas, que vai te ajudar a melhorar sua produtividade usando os equipamentos que você já possui. Para conhecer a solução clique aqui.

Deixe um comentário!

Artigos Recentes

Sobre Esse Canal!

Nesse canal são publicados artigos voltados para inovação e produtividade das empresas.

Monitoramento Remoto

Monitoramento Remoto

Acesse de onde quiser e quando quiser todo o estoque de insumos de seus clientes.
OEE - Solução de Produtividade

OEE - Solução de Produtividade

Eleve rapidamente os resultados financeiros da sua fábrica aumentando a sua produção sem comprar novos equipamentos.

Receba as Notificações das Novidades!

Após preencher seu e-mail e clicar em enviar,  você será notificado por e-mail sempre que forem publicados novos posts ou lançados novos produtos pela Révolus.